Eu saudável Helena Santos

12 Mudanças para um ano saudável



Um hábito adquirido é difícil de mudar precisamente porque se tornou adquirido! Já fazemos certas coisas sem pensar. Mas se quer mesmo mudar pode fazê-lo.

Até porque mudar é sinónimo de desenvolvimento pessoal e com certeza que se quer tornar uma pessoa melhor e mais saudável.

Leia mais aqui sobre o processo de mudança.

Hoje fazemos sugestões de 12 hábitos que pode mudar para se tornar mais saudável. Pode alterar um por mês ou um por dia.

Siga o seu ritmo e acima de tudo mantenha a mudança para que o novo comportamento se torne também ele um hábito.

1. Agradeça pelo menos 3 coisas que lhe aconteceram no dia

Termos noção de que existe sempre algo a que devemos estar agradecidos, torna-nos mais positivos e isso melhora também o nosso bem-estar.

2. Não tome mais medicamentos sem perguntar ao seu médico porquê e durante quanto tempo

Os médicos são sem dúvida profissionais de saúde que trabalham em prol da nossa saúde, mas muitas vezes não envolvem o doente no seu próprio processo de cura.

Não tome mais nada, sem saber para que serve e sem ter a certeza que não existe outra alternativa não química que possa substituir. Faça questões sobre efeitos secundários.

Veja o exemplo das Estatinas e dos inibidores da bomba de protões.

3. Coma pelo menos mais uma peça de fruta por dia e mais um punhado de legumes frescos

Parece que se está sempre a falar de fruta e legumes e talvez seja verdade. Frutas e legumes são mesmo essenciais numa alimentação saudável.

Se come pouca fruta comece a levar uma para um lanche ou comece logo o dia com fruta ao pequeno-almoço.

Não dispense legumes ao almoço e jantar.

4. Beba mais água

A hidratação é essencial para o organismo funcionar bem.

Tenha sempre consigo uma garrafa de pelo menos 1 L e tente beber duas ao longo do dia.

Se só bebe com as refeições, comece com uma garrafa de 33cL e vá aumentando o tamanho da garrafa a cada dia.

5. Fume menos 2 cigarros por dia ou deixe mesmo de fumar. Se come doces todos os dias passe a comer só dia sim dia não

Para alguns a diminuição gradual ajuda, para outros o melhor é mesmo deixar de vez. Se se conhece bem, sabe o que resulta consigo e por isso aja em conformidade.

No tabaco já se sabe que o melhor é não fumar, em termos de doces, pode sempre tentar receitas mais saudáveis e não consumir todos os dias.

6. Coma gorduras de qualidade

Use azeite para cozinhar, coma oleaginosas e sementes e não use produtos industrializados com gorduras trans.

Gorduras saturadas ou gorduras ómega 6 em excesso e gorduras trans em qualquer quantidade, prejudicam a sua saúde.

Por isso privilegie os alimentos com gorduras boas.

7. Faça pelo menos 10 minutos de exercício todos os dias

Hábitos simples como ir a pé para o trabalho/ginásio/ter com amigos, deixar o carro mais longe do local habitual, subir e descer escadas, usar a bicicleta em detrimento do carro, não passar tanto tempo sentado … fazem milagres pela sua saúde.

8. Deite-se meia hora mais cedo

O seu cérebro precisa de se reorganizar para o dia seguinte e precisa de hábitos regulares.

Por isso, se acha que tem dormido puco, divida tarefas com outra pessoa, mude tarefas para outros dias e esteja pronta para dormir meia hora mais cedo do que o habitual.

9. Coma pelo menos um dia por semana só alimentos biológicos

Os tóxicos que todos os dias ingerimos são quase inquantificáveis.

Se pelo menos um dia por semana conseguir comer só alimentos biológicos já está a diminuir muito a sua carga tóxica.

Em alternativa use por exemplo sempre frutas biológicas (ou legumes) e pense noutros alimentos mais tarde.

10. Faça pelo menos uma vez por semana um exercício de relaxamento ou meditação

Se já faz relaxamento, aumente a sua duração ou número de vezes que faz por semana.

Guarde tempo para estar em sossego e a sós consigo mesmo. Esteja todos os dias pelo menos 5 minutos só consigo e faça todas as semanas uma prática de relaxamento/meditação mais alargada.

11. Sorria mais

Ouça uma música que o faz sorrir, ouça um programa de rádio ou pense em algo divertido.

Ajude o seu corpo a libertar neurotransmissores que lhe causam bem-estar, lhe fazem bem à saúde e o ajudam a manter-se equilibrado.

12. Uma vez por ano faça um check up

À sua saúde ou pelo menos reflicta sobre o seu estilo de vida. Análises comuns ou análises especiais como a avaliação dos ácidos gordos, avaliação do stress adrenal, intolerâncias alimentares… acompanhadas de uma consulta médica ou de nutrição, pode ser muito úteis para otimização da sua saúde.

Agora só tem de decidir por onde começar e passar à prática!
Que 2017 seja um ano cheio de mudanças positivas!


EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a