Beleza Natural Luana Barbosa

6 alimentos que lhe podem dar Mau Odor

"A maioria dos odores corporais normais surjem pela interacção de bactérias da pele com secreções na área", diz George Preti, PhD, membro do Monell Chemical Senses Center, na Filadélfia.

Os alimentos podem alterar esse cheiro porque certos subprodutos são secretados à medida que nossos corpos absorvem o que comemos, e então reagem com as bactérias da nossa pele, explica John Swartzberg, MD, presidente do conselho editorial da Universidade da Califórnia Berkeley Wellness Letter.

Não há uma quantidade enorme de evidências científicas apontando para quais alimentos são os piores transgressores, mas há evidências casuais suficientes para nos dar uma ideia de quais tipos de alimentos encontram o caminho para o nosso odor corporal.

Aqui está o que sabemos:

Alhos
Cebolas




Vegetais
Carne




Álcool
Peixe


 

Alho

Já evita o alho antes de algum compromisso ou uma entrevista de emprego. Mas aqui está uma experiência para demonstrar o porquê: Esfregue o alho esmagado nos seus pés (sim, nos pés) e espere.

"Dentro de meia hora, pode saborear o alho na sua boca", diz Dr. Swartzberg, professor clínico na Universidade de Berkeley e na Universidade da Califórnia, em San Francisco. "Os produtos químicos são absorvidos na corrente sanguínea e depois nos seus pulmões.” Então eles soltam a respiração, na urina e, depois, sua.

Mastigar ou mesmo apenas cortar alho desencadeia enzimas que se decompõem numa sequência de compostos para eventualmente formar alicina. A alicina é decomposta no corpo em compostos contendo enxofre que causam esse cheiro persistente.

Uma solução rápida para o hálito de alho? De acordo com um estudo, beber leite, antes ou depois de comer alho, pode ajudar a restaurar o hálito fresco.

Cebolas

Parecido com o Alho, as cebolas também se transformam em compostos de enxofre.

"Muitos desses compostos de enxofre voláteis têm um alto impacto de odor e podem ser detectados em concentrações muito baixas", diz Preti, que também é professor adjunto de dermatologia da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia. Em outras palavras, um pouco vai muito longe.

Às vezes é difícil distinguir entre o hálito de alho ou cebola e o odor de alho ou cebola, acrescenta Preti.

Vegetais

Repolho, brócolos e couve de Bruxelas - entre outros vegetais - também contêm grandes quantidades de enxofre, diz Kristen Smith, RDN, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética.

Muitas das evidências de que alguns vegetais contribuem para o odor corporal (através de sua respiração, suor ou flatulência) são anedóticas, acrescenta Smith.

Independentemente disso, há um forte argumento para comer esses alimentos de qualquer maneira. Contêm muita fibra e contêm muito beta-caroteno, juntamente com vitaminas C, E e K, além de folato.

Além de ser bom para a saúde geral, há algumas evidências de que também podem ajudar a prevenir certos tipos de cancro.

Carne

Aqui está outro motivo para limitar a quantidade de carne, especialmente carne vermelha.

Num pequeno estudo, os pesquisadores escolheram um grupo de 17 homens que geralmente comem carne para mudarem a sua dieta e deixarem de comer carne durante duas semanas.

As mulheres analisaram o odor corporal das axilas masculinas no final de cada sessão, o resultado foi que o odor corporal dos homens numa dieta vegetariana era "mais atraente, mais agradável e menos intenso”.

Álcool

Certamente que quantidades excessivas de álcool podem ser detectadas na respiração. O que você pode não saber é que o álcool também pode emanar pela sua pele.

"O álcool é metabolizado no fígado e quebrado em acetaldeído, que passa pelos pulmões até a respiração, mas também chega aos poros", explica o Dr. Swartzberg.

Um ou dois copos de vinho provavelmente não vão te deixar mal-cheiroso, mas um pouco demais (também não é bom para a sua saúde!) pode. "É dependente da dose e baseado individualmente", diz Smith.

Peixe

Os peixes certamente carregam o seu próprio aroma pungente, pelo menos quando estão fora da água. Mas eles podem alterar o odor corporal em nós? Aparentemente sim, pelo menos em pessoas que têm um distúrbio genético chamado trimetilaminúria.

"Estes são erros inatos do metabolismo, onde as pessoas não conseguem absorver certos tipos de proteína", diz Dr. Swartzberg, incluindo um aminoácido chamado trimetilamina, que é produzido nos intestinos quando o corpo digere alimentos como peixe e ovos, de acordo com Centro de Informação sobre Doenças Genéticas e Raras.

À medida que a trimetilamina se acumula, ela "entra na urina”, explica o Dr. Swartzberg. "Você pode sentir o cheiro na sua respiração e também no seu suor."

O cheiro pode ser um cheiro de peixe, mas alguns também o descreveram com cheiro de peixe podre, ovos podres, urina ou até mesmo lixo.


EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.

Informação de artigo retirado: www.health.com/


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a