Meditação e enlightment Carla Martins

Ancorar a Atenção no Momento Presente

O mindfulness tem como objectivo fomentar a nossa capacidade de estar atento e consciente da experiência do momento presente.

Quando observamos o nosso padrão normal de presença na nossa experiência identificamos a tendência de estarmos em piloto automático, isto é, de estarmos no momento presente a fazer uma determinada tarefa ou actividade, mas a nossa mente está enredada em pensamentos sobre outra coisa qualquer.

Com o treino de mindfulness conseguimos notar que os nossos padrões automáticos vão reduzindo a sua frequência e duração.

Notamos uma maior capacidade de nos mantermos focados na experiência do momento presente. Por exemplo se estarmos a conduzir, estamos atentos ao acto de conduzir; se estamos a tomar um duche, notamos as sensações e movimento inerente a tomar um duche; se estamos a comer um iogurte, então reconhecemos que estamos conscientes da experiência de comer um iogurte; etc.

A prática de 5 minutos de meditação mindfulness na respiração é uma prática que pode ser utilizada durante o dia de forma a treinarmos a capacidade de recolher a atenção para o momento presente da nossa experiência, sair dos ciclo vicioso de alguns dos nossos padrões mentais negativos, acções automáticas contínuas que ao longo do dia nos vão criando tensão e exigências a nível psicofisiológico.

1ª ETAPA

Nesta prática começamos por passar alguns minutos a ter consciência da presença do nosso corpo no momento presente.

Conscientes do peso da totalidade do corpo e das sensações de contacto do corpo na superfície onde estamos sentados - cadeira, sofá, banco do carro. Poderá fazer a prática deitado ou até de pé.


2ª ETAPA

Convidar o foco da atenção para a respiração onde notamos o movimento contínuo da respiração na barriga, no peito ou nas narinas.

O objectivo é estabilizar o foco da nossa atenção no movimento do ar a entrar e do ar a sair.


3ª ETAPA

Ter consciência do movimento da mente durante a prática. Este movimento da mente durante uma prática de mindfulness pode criar alguma frustração quando partimos da premissa que não é suposto termos pensamentos ou que pretendemos "esvaziar a mente”.

No mindfulness, pretendemos cultivar a capacidade de reconhecer o movimento da mente e não parar a mente de se mover para o passado ou futuro. Quando reconhecemos este movimento da mente em algum momento da nossa prática convidamo-nos de uma forma gentil a reconvidar e redirecionar a atenção novamente para a respiração.

Utilize o vídeo em baixo para orientar a sua prática. Experimente começar por 5 minutos diários e vai aumentando estas pausas mindful de atenção à respiração para duas ou três vezes ao dia. Observe as mudanças ao fim de algumas semanas de prática.



Esmeraldazul, para uma vida saudável, consciente e sustentável!

 


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a