Eu saudável Helena Santos

Cálcio do mar e Cálcio da terra

Sabia que há formas bem naturais de suplementar a sua alimentação com cálcio?


Cálcio da Terra

A casca de um ovo pode fornecer entre 750 mg a 2 gramas de cálcio (carbonato de cálcio), o que quer dizer que um ovo pode dar para suplementar a alimentação de 2 pessoas. Não deve tomar de cada vez, mais de 500 mg de cálcio por causa da nossa capacidade de absorção.

Além de cálcio, a casca do ovo vai fornecer magnésio, boro, cobre, ferro, manganês, molibdénio, zinco,…


Estudos consideram que a casca de ovo pode ser uma forma acessível e prática de atingir as recomendações de cálcio e até já se verificaram melhorias no osso e cartilagem de animais suplementados com casca de ovo moída.

Para além de um bom aporte de cálcio precisa de um aporte correto de vitamina D (pois ela influencia a absorção de cálcio), pelo que deve fazer a sua medição.

Como fazer casca de ovo moída:

  • Escolha ovos biológicos e de preferência de galinhas criadas ao ar livre. Não tem necessariamente de escolher ovo de galinha, de outros animais também servem o mesmo propósito;

  • Utilize os ovos para outro fim e aproveite as cascas. Lave muito bem as cascas com água morna para retirar a clara que possa ainda estar do lado de dentro, mas não precisa de remover a membrana interior que tem nutrientes de interesse.- Parta as cascas em pequenos pedaços e leve-as ao forno alguns minutos para que fiquem bem secas.

  • Use por exemplo um moinho de café para que a mistura fique na forma de pó.

Adicione metade de uma colher de chá deste pó de casca de ovo aos cozinhados que entender. Será mais agradável se juntar na sopa por exemplo, do que se beber diluído em água.
Não use todos os dias pois pode influenciar a absorção de outros minerais.


Cálcio do mar – esqueleto dos chocos

No mar existe um grupo de animais que também podem ser nossos fornecedores de cálcio: os chocos!

Os chocos são moluscos da classe cephalopoda e uma das suas características é uma espécie de concha interna constituída por carbonato de cálcio, que permite controlar a relação líquido-gás e assim controlar a sua movimentação na água.

Quando os chocos são capturados para consumo, este "esqueleto” é-lhes retirado e tem diversas utilizações, algumas ainda sob estudo, sendo a mais comum a suplementação de rações para pássaros.

Ora se tiver acesso a zonas de captura de chocos, pode aproveitar o choco por inteiro, usando esta parte interna para suplementar a sua alimentação, de forma triturada como descrevemos para a casca do ovo.

Na terra e no mar, de forma bastante natural há formas de suplementar a alimentação com cálcio.


EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a