Eu e o meu corpo Núcleo de Medicina

Esteja atento aos tóxicos que nos rodeiam

A vida moderna coloca-nos em contacto directo, íntimo e permanente com milhares de tóxicos potenciais.

O nosso organismo está equipado com um sofisticado sistema de desintoxicação.
Mas a sua eficácia não é absoluta.

Alguns dos xenobióticos representam um perigo especialmente grave para todas as pessoas porque o organismo humano não está preparado para os biotransformar, neutralizar e eliminar.

Os metais pesados, especialmente o mercúrio, o chumbo, o cádmio e o alumínio, as dioxinas, os PCBs, os organoclorados sintéticos componentes dos plásticos e dos pesticidas e os hidrocarbonetos poliaromáticos com relevo para os compostos orgânicos voláteis.
São estes os tóxicos que mais contribuem para a instalação de uma intoxicação crónica silenciosa, e estão associados ao desencadear e agravar a falta de vitalidade, fadiga crónica e múltiplas doenças alérgicas, auto-imunes, degenerativas e oncológicas.

Parece-nos oportuna e adequada a repescagem de posts que EsmeraldAzul anteriormente publicou sobre estes tóxicos, a sua capacidade de promover uma intoxicação crónica e os perigos que representam para a sua saúde:

Saiba quais os aditivos alimentares que prejudicam o cérebro – veja aqui!

Tóxicos nos cosméticos que eu posso evitar - veja aqui!

Poluição do ar doméstico: um perigo silencioso e invisível - veja aqui!

Teflon – Conheça os perigos - veja aqui!

Produtos de limpeza ecológicos: porque são melhores para mim e para o ambiente? - veja aqui!


EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.

0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a