Terapias Complementares Núcleo de Medicina

Impacto do Tai Chi em mulher pós-menopausa com osteopenia

No BMC Complementary & Alternative Medicine, foi publicado um estudo muito interessante sobre Tai Chi.

Já existem alguns estudos que relacionam a prática desta técnica body-mind com a prevenção de fracturas em idade sénior (saiba mais), mas poucos estudos relacionaram também esta prática com a densidade óssea e factores de risco para fracturas em mulheres pós-menopausa com osteopenia.

Parte das senhoras efectuaram 9 meses de Tai Chi aliado a cuidados básicos de saúde e as restantes tiveram apenas acesso aos cuidados de saúde básicos.

Foi avaliada a densidade mineral óssea, parâmetros sanguíneos de formação óssea, parâmetros que previam o risco de fractura e aspectos de qualidade de vida.

De forma geral os resultados foram melhores nas senhoras que praticaram Tai Chi.

Assim, o tai Chi é uma técnica segura, viável e promissora como intervenção para diminuição de factores de risco de fracturas.

As técnicas body-mind são uma óptima solução em todos os aspectos: quer porque vivemos em tempos de muito stress, quer porque estas técnicas têm efeitos fisiológicos fantásticos.


EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a