Terapias Complementares Núcleo de Medicina

Já experimentou a aromaterapia?


A aromaterapia consiste na utilização de compostos voláteis provenientes de plantas – óleos essenciais e outros compostos aromáticos com o objetivo de conseguir levar a cabo alterações no ser Humano.

E efectivamente os aromas conseguem causar alterações cerebrais.

Os óleos essenciais podem ser usados para massagens, no banho, em difusores, spray ou simplesmente colocando um pouco num recipiente na sua casa. Fuja de essências que não sejam naturais.

Para acalmar e relaxar

Mandarin
Espécie: Citrus Reticulata
É o óleo essencial da tangerina, com aroma frutado e cítrico como seria de esperar. Efeito relaxante.


Bergamota
Espécie: Citrus bergamia Origem: diversos países da Europa
Efeito relaxante. Apresenta também características antimicrobianas e é por isso também bom para aplicar na pele ferida.


Palmarosa
Espécie: Cymbopogon martinii. Origem: Nepal.
Óleo de cor amarelada com aroma floral e especificamente parecido com rosas. Tem como constituinte principal o geraniol.
Tem efeito calmante. Bom também para hidratar a pele, mas pode aumentar a sensibilidade ao sol. Não deve haver exposição solar depois de uma massagem com este óleo essencial.


Camomila alemã
Espécie: Matricaria recutita
Este óleo é extraído de flores de camomila da Alemanha e tem aroma doce.
É relaxante, calmante e pode até ser descongestionante.


Hortelã
Espécie: Mentha piperita
Essência de aroma forte e fresco. Não só é calmante como pode ajudar a aliviar dores de cabeça. É um dos óleos mais fortes, podendo ser boa opção dissolvê-lo noutras preparações de aroma mais neutro.

Sugestão: Pode utilizá-los directamente na pele imediatamente antes de fazer exercícios de mindfulness para que possa sentir o aroma durante a sua caminhada, por exemplo.

EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a