Segredos de saúde alimentar Helena Santos

Teflon - conheça os perigos

O problema surge quando se percebe que, para fazer teflon é utilizado um composto que foi considerado cancerígeno e que se chama ácido perfluoroctanoico (PFOA).
 
Este composto ainda recentemente num comunicado da EPA (United States Environmental Protection Agency) foi considerado um poluente orgânico persistente, que traz consequências para a saúde e para o ambiente

Os produtores de panelas/utensílios antiaderentes garantem que o PFOA é usado na linha de produção, mas já não aparece no produto final. Apesar da aparente isenção deste produto, estudos recentes revelam que a elevadas temperaturas, estes equipamentos de cozinha podem libertar compostos considerados tóxicos.

Diferentes estudos em animais têm revelado os efeitos prejudiciais destes compostos, como por exemplo no seguinte estudo, publicado em 2012.

Geralmente só acima de 250ºC é que estas substâncias se libertam, mas tem medido ultimamente a temperatura a que cozinha? Além disso, quando a pelicula antiaderente começa a desaparecer, é bem mais fácil haver libertação de componentes nefastos, para os alimentos. Por acaso a panela antiaderente que tem em casa já não está gasta?

Por isso, recomendamos que talvez seja melhor usar equipamentos de inox, ferro fundido, vidro ou mesmo de cerâmica. Caso prefira manter os equipamentos de teflon, tenha cuidado com a forma como os lava para não os arranhar, e tenham atenção às temperaturas de confecção.

Veja mais sobre tóxicos, aqui.


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a