Eu e o meu corpo Daniela Seabra

Quer ter uma pele mais bonita?

Alguns segredos estão na sua alimentação

Uma pele bonita tem obrigatoriamente de estar bem nutrida. Os nutrientes contidos nos cremes não atingem todas as camadas da pele. Incluir os alimentos certos na sua alimentação, aumentar a ingestão de nutrientes fundamentais e garantir que serão corretamente absorvidos, são passos essenciais para dia após dia, ter uma pele mais bonita.

A nossa pele já não é apenas o maior órgão do nosso organismo, capaz de nos defender contra agressões externas, de nos regular a temperatura e de nos permitir inúmeras sensações. A nossa pele é atualmente um dos nossos primeiros cartões de visita. Todos os dias a pele reflete o nosso bem-estar.

A beleza e o bem-estar da pele passaram a adquirir uma nova importância, e o ato de a nutrir e hidratar adequadamente passaram a fazer parte do nosso quotidiano.

Quando falamos de beleza da pele, a primeira imagem que nos surge é dos inúmeros cremes e tratamentos que existem atualmente, mas sabia que o maior fator de promoção da beleza da pele vem de dentro?


A pele funciona como um espelho do que se passa internamente, e quando o organismo não está bem, a pele ressente-se. Além disso, os alimentos e a água que ingerimos são fundamentais para uma pele bonita e saudável, em especial porque muitos dos nutrientes contidos nos cremes não conseguem atingir todas as camadas da pele.

Aliar o bem-estar do organismo, uma alimentação e estilos de vida saudáveis aos diferentes cremes e tratamentos atualmente disponíveis é sem dúvida um excelente plano para uma pele mais bonita.

Alimentação: o que comer para ter uma pele mais bonita

Os melhores alimentos para a pele são por isso todos os que melhoram a nossa saúde em geral, mas podemos ser mais específicos e insistirmos nos alimentos que tenham determinados nutrientes, nomeadamente os que têm capacidade antioxidante, em especial os ricos em beta-caroteno e nas vitaminas A, C e E, sem esquecer os ácidos gordos essenciais, em especial os da família ómega 3, e claro, a água.


Os sumos e batidos de legumes e fruta são por excelência uma enorme fonte de nutrientes antioxidantes.
Os sumos de fruta têm o defeito de terem um teor de açúcar mais elevado, mas quando a fruta é usada em pouca quantidade para adoçar um sumo de legumes, temos uma combinação perfeita.

A cenoura é perfeita para proteger a sua pele dos efeitos nefastos das radiações solares, mas deve ter algum cuidado para evitar que a sua pele ganhe um tom alaranjado devido ao excesso de beta-caroteno: nesse caso evite a cenoura até a cor da pele normalizar.

Os legumes verde escuros, ricos em compostos desintoxicantes e em clorofila vão dar uma novo fôlego à sua pele. Comece a introduzir sumos de legumes (adoçados com 1 -2 peças de fruta) nos seus hábitos alimentares – só tem a ganhar!

Se por um lado os nutrientes contidos nos cremes podem esbarrar na dificuldade em atravessar e atingir todas as camadas da pele, os nutrientes contidos nos alimentos podem ter a sua absorção a nível intestinal comprometida por diferentes razões. Assim sendo, os alimentos que melhoram a nossa pele devem também ter isto em conta, e por isso colocamos os alimentos germinados e/ou fermentados na lista das nossas sugestões.

Mas o que são alimentos germinados?

Os alimentos germinados são por excelência muito mais ricos nutricionalmente, e além disso estão repletos de enzimas que auxiliam a sua digestão a nível do trato intestinal. Um grão, depois de germinado pode ver multiplicado o seu teor de minerais ou vitaminas em cerca de 20 vezes. Além disso, os alimentos germinados possuem propriedades importantíssimas, nomeadamente a nível da regeneração celular, bem como da estimulação e aumento das nossas defesas imunitárias.

Os cereais, os grãos e inclusive as oleaginosas podem ser germinadas! Experimente fazer germinados em casa, e comece a consumi-los regularmente sob a forma de saladas, ou mesmo em sumos ou batidos.

Os alimentos fermentados têm a grande vantagem de optimizarem a flora intestinalconstituída por milhões de microorganismos que habitam o nosso tubo digestivo. Estes trabalham arduamente para garantir a integridade e correto funcionamento da parede intestinal, mas também de todo o nosso organismo, nomeadamente do sistema imune.

Uma mucosa intestinal integra, uma flora intestinal adequada, e um sistema imune competente são uma ajuda preciosa para o bem estar do organismo. Além disso, ao impedirem o crescimento de bactérias menos benéficas, a flora intestinal adequada diminui consideravelmente a absorção de compostos tóxicos a nível intestinal.


Um bom estado nutricional, adequada ingestão de antioxidantes, alimentos de elevada digestibilidade e uma flora intestinal correta são pontos de extrema importância para quem quer ter uma pele mais bonita.

Lembre-se que, o que ingere terá consequência direta na saúde interna e externa!

EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável. 


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a