Alimentação saudável Helena Santos

Sumos e Smoothies: semelhanças e diferenças

Muitas vezes são confundidos como se fossem a mesma coisa, mas não são. As semelhanças entre sumos e smoothies estão no facto de ambos serem formas rápidas de beber algo bastante nutritivo! São bebidas alcalinizantes e que nos hidratam.


SUMOS

A sua preparação consiste em retirar o sumo (água + nutrientes) de frutas e/ou legumes, rejeitando a polpa. Podem ser feitos à mão ou com a ajuda de equipamentos que devem ser bem muito bem escolhidos.
Os sumos podem ser ótimas fontes de vitaminas, minerais e fitoquímicos mas alguns cuidados devem ser seguidos.


A máquina escolhida para fazer o sumo não deve ser centrifugadora mas sim uma máquina de 2 tempos. Uma máquina de sumos centrifugadora irá ser responsável pelo aumento da temperatura do sumo (pela rapidez e forças geradas), levando a perda nutricional. Já uma máquina de 2 tempos (cortar e prensar) faz sumos a uma velocidade menor, cortando com lâmina e prensando, em vez de "raspar” a alta velocidade como fazem as centrífugas. Vitaminas, minerais, fitoquímicos e enzimas são assim melhor aproveitados.   

A imaginação pode levar-nos a fazer sumos muito diversos, só com frutas, só com legumes ou até com misturas, mas:

- Todos os sumos devem ter maçã, nem que seja só uma metade. O ácido málico da maçã ajuda na retirada de fitoquímicos da casca dos legumes/frutas e ajuda na absorção de outros nutrientes;

- Todos os sumos devem ser bebidos imediatamente após a sua preparação, principalmente os sumos de legumes, para que o valor nutricional seja todo aproveitado e não se perca. São autênticos "shots” de fitoquímicos”;

- Para facilitar a digestão e para não causar aerocolia, os sumos não devem ter muitas frutas/legumes diferentes. Se bebe sumos com muita frequência, varie de alimentos de sumo para sumo, mas em cada um, misture no máximo 3 frutas/legumes diferentes. Por exemplo: maçã + cenoura ou maçã + beterraba + cenoura.

Tenha atenção que apesar de muito ricos nutricionalmente, os sumos são muito facilmente absorvidos podendo causar uma subida brusca do açúcar no seu sangue.
São ótimos para quando pretende desintoxicar já que fornecem os nutrientes que o seu organismo precisa para levar a cabo a função de desintoxicação, de uma forma fácil de absorver.


SMOOTHIES

Os smoothies são bebidas aveludas e são mais espessos que os sumos. A diferença está no facto de não ser só aproveitado o sumo das frutas e legumes, mas também a sua polpa (fibras). Muitas vezes são também acrescentados iogurtes, leite, bebida de soja ou outras bebidas vegetais ou água.

Ao contrário dos sumos, os smoothies são saciantes pois são absorvidos de forma lenta por causa do seu teor de fibra. É este teor de fibra que pode trazer consequências como a diarreia. Por isso mesmo, em dietas de desintoxicação deve usar-se com mais frequência sumos e não smoothies. Mas se precisa de melhorar o seu intestino, os smoothies podem fornecer-lhe a fibra que precisa, não devendo por isso ser descartados quando quer desintoxicar.

Para o seu smoothie ficar ótimo, deve colocar sempre ½ banana. Além de ajudar no sabor e consistência, fornece-lhe fructooligossacáridos (fibras que alimentam bactérias boas no intestino) e potássio. Exemplo: 1 maçã + 1 banana + 1 ramo de espinafres + água ou bebida de quinoa.
Para situações diferentes, quer sumos, quer smoothies têm muito valor nutricional. Os sumos serão autênticos "shots de fitoquímicos” e os smoothies, uma ótima forma de aumentar a sua ingestão de fibra e outros nutrientes.


Post já publicado a 19 de Março de 2013, na quinzena temática Intoxicar & Desintoxicar

EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável.
0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a