Segredos de saúde alimentar Luana Barbosa

Tomilho em casa

Eficaz para combater a gripe e asma

Considerado um excelente antibiótico natural. O tomilho que é da mesma família do orégano, reduz infecções respiratórias, como bronquite e laringite, ameniza infecções na pele provocadas por fungos e melhora o funcionamento do intestino.

Rico em timol, óleo essencial muito presente na fórmula de produtos farmacêuticos, o tomilho minimiza os sintomas de laringite, coqueluche e asma. Como tem propriedades fungicidas é indicado no tratamento da candidíase e de doenças de pele causadas por fungos e bactérias, tornando-se muito eficiente por sua ação cicatrizante.

Além disso, essa erva é um ótimo estimulante digestivo e anti espasmódico, ajudando a melhorar o funcionamento do intestino e a diminuir cólicas e prisão ventre. O chá de tomilho acelera o processo de digestão, sobretudo se tomado logo após as principais refeições.

Como é bastante diurético, o chá ajuda a eliminar a urina e toxinas do organismo, purificando o corpo.

Outros Usos

Na culinária, o tomilho acentua e perfuma o sabor das refeições. É usado para preparar o arroz, peixes, carnes vermelhas, sopas, legumes, e principalmente, beringela e batata.
 

Indicações
  • Melhora infeções da pele
  • Elimina toxinas do organismo
  • Tem acção cicatrizante
  • Alivia laringite
  • Combate candidíase
  • Reduz prisão de ventre

 

Chá

Tratar da Gripe
Ferva 1 Xícara de (chá) de água e 1 colher (chá) de tomilho. Abafe por 5 minutos. Adoce o gosto com mel ou açúcar mascavo. Tome 3 vezes por dia.

Combater coqueluche
Em meio litro de água, ferva 1 colher (sopa) de tomilho e abafe por 10 minutos. Beba quente 4 vezes por dia.

Reduzir inapetência
Beba 1 xícara (chá) de tomilho antes das principais refeições.

É necessário ter em atenção que a planta não funciona por si só, mas tem que ter também outros complementos. Além que deve sempre ter em atenção se não entra em conflito com nenhum medicamento que esteja a tomar.


EsmeraldAzul – para uma vida saudável, consciente e sustentável


0 comentários

Entrar

Deixe o seu comentário

em resposta a